Para que serve a vitamina B6 - Benefícios e Como Suplementar

A vitamina B6, juntamente com as outras vitaminas B, ajuda o organismo a transformar os alimentos em energia. Por si só, a vitamina B6 tem muitos outros usos que são importantes para manter um corpo saudável e desenvolver um cérebro saudável. A vitamina B6 é tão importante que pode ter despoletado o crescimento das primeiras criaturas vivas na terra. 


Para que serve a vitamina B6

  • A vitamina B6 é crucial para o metabolismo dos glóbulos vermelhos – hemoglobina, a proteína no sangue que transporta oxigênio em todo o nosso corpo, precisa de vitamina B6 para ser produzida e para transportar adequadamente o oxigênio.
  • A vitamina B6 atua como uma coenzima com mais de 100 enzimas envolvidas no metabolismo das proteínas.
  • A vitamina B6 também pode afetar o nosso humor, o nosso sono e a nossa sensibilidade à dor. Também nos ajuda a controlar o stress. Porquê? Porque a vitamina B6 é necessária para a síntese de neurotransmissores como a serotonina (que regula o humor), a melatonina (para regular o nosso relógio interno e o nosso sono), a norepinefrina (ajuda-nos a controlar o stress) e a dopamina (para a comunicação normal das células nervosas).
  • A vitamina B6 é boa para o nosso cérebro – as crianças precisam de vitamina B6 para desenvolver adequadamente o seu cérebro. Os adultos precisam dele para fazer o cérebro funcionar corretamente.
  • Como os baixos níveis de serotonina estão associados à depressão, a vitamina B6 pode ajudar a reduzir os sintomas – alguns cientistas acreditam.
  • A vitamina B6 é importante para o sistema imunitário – sabe-se que a vitamina B6 ajuda a criar anticorpos para nos proteger de vários tipos de infecções. Também contribui para a manutenção da saúde dos órgãos linfóides (timo, baço e gânglios linfáticos) que fazem os nossos glóbulos brancos.
  • A vitamina B6 é benéfica para situações inflamatórias como a doença inflamatória intestinal (IBD) e a artrite reumatóide. A vitamina B6 pode ser usada para controlar a condição porque reduz os níveis dos marcadores inflamatórios, tais como IL-6 e TNF-alfa.
  • Vitamina B6 para glicose normal no sangue (açúcar) – quando a ingestão calórica é baixa, o nosso organismo precisa de vitamina B6 que ajuda o organismo a metabolizar gorduras e hidratos de carbono e a quebrar o glicogénio, a forma de armazenamento de glucose e, portanto, manter os níveis normais de açúcar no sangue. Deficiências de B6 são comuns nos doentes com diabetes tipo 2.
Para incluí-la no seu dia a dia coloque no cardápio alimentos ricos em gorduras boas, como o Salmão ou o abacate. Oleaginosas como castanhas e outros também são bem vindos.